Quem te viu, quem te vê

Quem te viu…

Uma das coisas mais divertidas de fazer esse trabalho é descobrir o passado das pessoas. Estávamos eu e a Aline ontem, na casa da Amarílis.

Tradutora da MTV, consultora de músicas, vendedora de discos e o que mais pintar, conheci a Amarílis num barzinho, semanas atrás. Vi que ela tinha muitas histórias pra contar – além de ter crescido com Os Mutantes na Pompéia, produzia shows e festivais na década de 70. Bom, enfim. Ela vai aparecer mais por aqui. Estávamos lá, e ela chamou um amigo, o Jaques, do Kaleidoscópio, um programa de rádio de rock muito famoso na época.

Aí, no meio das ótimas histórias, Amarílis conta o seguinte:

O Ritchie era quem trazia os ácidos da Inglaterra. Uma vez, eu estava na casa dele, e ele abriu uma caixa de sapato lotada de ácidos. Dava pra encher as mãos

…quem te vê: capa do último disco de Ritchie, “Auto-fidelidade”.

Ps.: Amanhã, 14h30, vamos na casa do Ronnie Von. Alguma sugestão?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s