Plantando Cenouras – SOM IMAGINÁRIO

Eu hoje tenho um assunto delicado pra falar com você
Eu muito tenho meditado sobre a vida que você esqueceu
Você está com a cabeça virada para o nada
e não procura nem saber o que eu penso e o que faço
Eu acredito que você ainda tem uma pequena chance
e eu encontrei a solução pro seu caso
e lhe proponho um tratamento pra você melhorar
Eu vou plantar cenouras
Na sua cabeça

Yeeeeeeeeees…. e antes de sair plantando cenouras na cabeça alheia… algumas infos, novidades, não-novidades, balanço geral e pareceres…
A letra que abre o post é de “Cenouras”, canção do Som Imaginário! Antes de falar dos mineirins psicodélicos, algumas considerações:

*Estive com a Amarilis, moça psicodélica amiga dos cabeludos de 70, na Feira de Colecionadores de Vinil, aqui em SP, terça – dia do trabalhador! Como sempre, foi um prazer ficar enfurnada em um lugar com milhares de discos de todos os tipos… PRA QUEM BUSCA DISCOS PSICODÉLICOS… É O POINT! Pra quem busca outros discos… tb é o point! Rs… Segundo fontes confiáveis, a próxima ocorre em Sto André, em breve… qdo tiver data definida eu posto.

*Ainda circulando pela feira e conversando com a Amarilis, surgiu o assunto Ronnie Von – que hj é tema de MAIS uma matéria falando da psicodelia, dessa vez na Folha de S.Paulo. Blablablá comentários sobre o relançamento dos discos do moço, blablablá comentários sobre nossa entrevista, eis que surge a revolta prevista pelo Mr. Von – OS FÃS ESTÃO INDIGNADOS COM O RE-LANÇAMENTO DOS DISCOS PSICODÉLICOS SEEEEEEEEEEEEEEM O JINGLE “BAR ÍRIS”. Que derrota, minha gente… Teve quem até mandou devolver o CD depois que viu que a faixa estava faltando! Fica aqui a minha indignação também!

*Assunto II – Queremos agradecer a ajuda de muitaaaaaaas pessoas… a ajuda que vem surgindo do milagroso mundo da internet! Todo o pessoal que está dando um HELP! com contatos, infos, fofocas, histórias e opiniões: obrigadú!

*Assunto III – Falamos com o autor do vinil mais caro do Brasil! SIM!!!! LULA CÔRTES! Muito simpático, extremamente prestativo, ele disse que vem à terra da garoa, logo logo, gravar algumas coisinhas com o Daniel Belleza! Vamo que vamo!

Agora… Som Imaginário!

O Som Imaginário é o pé mineiro do nosso livro. Com uma formação invejável… capaz de deixar os amantes da MPB loucos, eles tocavam ROCK!Rock-jazz-mpb-progressivo-psicodélico. Wagner Tiso (teclados), Luís Alves (contrabaixo), Robertinho Silva (bateria), Tavito (violão), Frederyko (guitarra), Zé Rodrix (teclados, voz e flauta), Laudir de Oliveira (percussão), Naná Vasconcelos (percussão) e, ocasionalmente, Nivaldo Ornelas (sax) e Toninho Horta (guitarra) formaram a mezzo quadrilha, mezzo orquestra…rs

Gravaram alguns discos, tocaram com alguns camaradinhas conterrâneos – tipo Milton Nascimento, compuseram trilha pra filme, e viraram lenda! Não ensaiavam, cantavam o que queriam… free-style genial!

Aguardem… em breve: Som Imaginário pra vocês!

Ah… link pra baixar o disco dos moços, no blog rei BR.Nuggets
http://brnuggets.blogspot.com/2006/11/som-imaginrio-som-imaginrio-1971.html


One Comment on “Plantando Cenouras – SOM IMAGINÁRIO”

  1. febox disse:

    Sou fã de Som Imaginário (e da psicodelia em geral =P), não conhecia o blog, bem legal parabéns…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s