Laílson e seus traços psicodélicos

Laílson de Holanda Cavalcanti (tem nome mais tradicional que esse?) é capricorniano, nasceu em 1952 em Recife. Novinho, foi estudar nos EUA e começou a publicar suas charges por lá. De volta ao Brasil, se uniu aos colegas Paulo Rafael e Zé da Flauta e formou a banda Phetus. Em 1973, grava com Lula Côrtes um dos clássicos do Udigrudi, o álbum Satwa.Seus traços acompanharam a onda ultrapsicodélica. Confira alguns trabalhos daquela época:

“Por trás de tudo a realidade”

“A dama dos cogumelos”

“Antes de morrer eu queria lhe ver mais uma vez”



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s