Psicodelia nordestina, em 2007

 Lula Côrtes e Marco Polo. Discurso captado pelo gravador de Ana Paula em Recife.

Lula: Agora é agora, o tempo não espera por ninguém, não para.

Marco: Essa está no grupo de frases fantásticas, o tempo não espera por ninguém, o tempo não para.

Lula: Não espera mesmo, nem retroage. O máximo que a gente pode ter são boas lembranças. Eu fui andando com tudo que veio atrás, está acumulado de tudo aquilo, é impossível você olhar mesma árvore, porque ele não franze…

Marco: Você não olha nunca a mesma arvora. È outra árvore.

Lula: É outra?

Marco: Não tem jeito. (todos riem)

Lula: Nada, nada previsível. (continuam rindo)

Marco: Eu gosto desse doido, para caramba. (todos riem) Eu amo esse homem.

Tati



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s