Quer saber como foi?

cartaza_psicodalia.jpg
O Carnaval se foi e segundo relatos, o Festival Psicodalia superou expectativas. Aliás, não só o Festival em si, mas o tão aguardado show do Casa das Máquinas parece ter aquecido os ânimos dos fãs de rock-setentista-brasuca, como narra quem esteve lá: Daniel de Boni, professor de filosofia.
É difícil exprimir o que senti no show do Casa. Uma energia, uma vibração contínua tomou conta do recinto de shows do Psicodália. Mesmo sem sua formação original, o Casa voltou a fazer rock de gente grande e transportou a galera de volta à áurea época dos anos 70. Começar com “Essa é a vida” já foi pra botar o recinto abaixo. Terminar com “Sanduíche de queijo” foi no mínimo formidável e até surpreendente. Um show pra ficar na história não só do rock nacional, como também mundial, já que se trata de uma das maiores bandas que já surgiram nesse planeta. Enfim, posso dizer que fui no melhor show da minha vida até hoje. Sei que dificilmente verei um show tão fantástico, tampouco verei o Casa das Máquinas outra vez. Sorte de quem viu. Não só sorte mas privilégio!”
É isso aí minha gente: quem foi, foi… Ah… sorte que tem youtube!
Aline – que não consegue tirar o alinhamento central deste post!

2 Comentários on “Quer saber como foi?”

  1. Eduardo Verme disse:

    Realmente o Psicodália superou todas as minhas expectativas, e garanto que a de todos que estavam lá naquele lugar abençoado, lindo, com muito sol e gente bacana.

    O mesmo não posso dizer do show do Casa, que na minha opinião foi um dos mais fracos do festival. O som, pra começar, estava horrível. Em vez de deixar nas mãos do Salgado, o técnico do festival, levaram uma mesa própria, que embolou o som inteiro, ficou literalmente uma merda. Outro problema é o Faiska. Parece que o cara acha que tá tocando numa banda de metal. Distorção no talo e palhetada rápida demais. O vocalista foi comparado por alguns com o Detonator (do Massacration). Enfim… não sou o dono da verdade, mas não gostei.

    Quem detonou no Psicodália foram as bandaças Casa de Orates e Tântalus Cantantes. Mas essa é outra história…

    Abraço!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s