300 discos

Não li e não sei se gostei, mas a iniciativa parece bacana. Tirando, é claro, o preço de capa, quase criminoso.

LIVRO DE ARTE TRAZ UM PAINEL DA MÚSICA POPULAR

GRAVADA NO BRASIL ENTRE 1929 E 2007

UM PROJETO DE CHARLES GAVIN, PATROCÍNIO DA PETROBRAS

TEXTOS DE TÁRIK DE SOUZA, CARLOS CALADO, ARTHUR DAPIEVE E CHARLES GAVIN

CAPAS DE TODOS OS DISCOS – FOTOS INÉDITAS – DOIS CDS BÔNUS

Lançamento em 30 de outubro na Livraria Cultura da Avenida Paulista com

noite de autógrafos e debate sobre a preservação da memória da música brasileira

“Este livro coloca em discussão 300 discos importantes que mudaram e continuam mudando a música brasileira”, assim Charles Gavin define o projeto que criou com a finalidade de “resgatar e preservar a memória da música brasileira, uma necessidade urgente.”

Para realizá-lo, Gavin chamou três jornalistas especializados, Tárik de Souza, Carlos Calado e Arthur Dapieve, que se alternam nas resenhas dos discos, divididos em cinco capítulos por períodos: Gravações de 1929 a 1959 (31 títulos), Gravações de 1960 a 1969 (77 títulos), Gravações de 1970 a 1979 (104 discos), Gravações de 1980 a 1989 (47 discos) e Gravações de 1990 a 2007 (41 títulos).

“Após inúmeras reuniões,” diz Gavin, “conseguimos selecionar os 300 discos. Porém, ficou o gosto de quero mais – qualquer número é insuficiente para expressar a grandeza e a riqueza de nossa música. Por isso, propus que cada um de nós, produtor, escritores e os colaboradores Caetano Rodrigues, Valdir Siqueira e Zeca Louro, montasse a sua lista de 30 discos que por alguma razão não foram escolhidos”. As sete listas com esses 30 discos extras constam do livro.

[O lançamento acontecerá em São Paulo em 30 de outubro, quinta-feira, a partir das 19h, na Livraria Cultura (Av. Paulista, 2073 – Tel: 11.3170-4033), com as presenças de Charles Gavin, Tárik de Souza, Carlos Calado e Arthur Dapieve, que participarão de um debate sobre o tema do livro: a necessidade do resgate e da preservação da memória da música brasileira.


[ O livro estará à venda exclusivamente na Livraria Cultura (www.livrariacultura.com.br) com o preço de capa de R$ 230,00. Parte da renda da venda do livro será doada ao Instituto Sou da Paz.

300 Discos Importantes da Música Brasileira tem 434 páginas, no formato 31cm x 31cm, as medidas de um LP – “afinal, os autores pertencem à era do LP, do vinil, da bolacha”, diz Gavin. Fartamente ilustrado pela capas de todos os discos, o volume tem ainda fotos inéditas, índices por nome do artista e por título do disco. Além disso, como bônus, dois CDs encartados de álbuns históricos de Moreira da Silva (O Último Malandro, de 1959) e Elza Soares (Baterista Wilson das Neves, 1968).

300 Discos Importantes da Música Brasileira – Ficha técnica: Produção e organização: Charles Gavin / Textos: Tárik de Souza, Carlos Calado, Arthur Dapieve e Charles Gavin. Colaboradores: Caetano Rodrigues, Valdir Siqueira e Zeca Louro / Design Gráfico: Silvia Ribeiro / Assistente: Clarice Ubá / Restauração digital de capas e fotos: Cilene Rosso / Elaboração, administração e coordenação geral: Mariza Adnet / Fotos: Francisco Pereira e arquivo do Jornal do Brasil.

Tati


2 Comentários on “300 discos”

  1. CHARLES GAVIN SE FIRMA DEFINITITVAMENTE COMO PESQUISADOR MUSICAL.

  2. rogerio disse:

    Tem como saber quais sao as relações dos discos que estao dispostos no livro?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s