Psicodelia Brasileira Recomenda: Jupiter Apple Combo

JUPITER APPLE COMBO

Depois de um bom tempo sem fazer shows, e agora morando em São Paulo, o maior ícone do rock gaucho de todos os tempos, e vanguardista, Jupiter Maça, retorna agora num show inédito, experimentando o Jazzy sounds, Bossa Nova, pitadas de Nouvelle Vague e texturas aveludadas.

Revisitando alguns de seus clássicos e mais duas musicas inéditas, com o formato genuíno de combo.

voz JUPITER MAÇA

piano ASTRONAUTA PINGUIM

baixo LUIS THUNDERBIRD

bateria FELIPE MAIA

ABERTURA DO SHOW: Laura Wrona

Dj RESIDENTE: DJENNIPHER

Quando: 27 de abril, sexta

Horario: 23h

Entrada: $ 12

Projeto: La Noche Cool

Onde: Clube Berlin – SP

Pra quem quiser se aventurar, fica a dica!

Aline


3 Comentários on “Psicodelia Brasileira Recomenda: Jupiter Apple Combo”

  1. Nickyyy disse:

    Olá! eu fui neste show! foi incrível o man voltou com a performance de palco impcavel e com o set muito foda!
    Estou na procura de fotos do show, infelizmente não pude levar minha camera e queria imagens pra registrar esse momento…
    se alguem tiver ai e puder me passar eu agradeço muito!
    obrigada!
    nickyyy@rocketmail.com

  2. Armando disse:

    Fazer ranking de ‘o maior’ em qualquer área é sempre complicado. Mas nesse caso, do maior ícone do rock gaúcho, se o critério for mesmo o ‘de todos os tempos’ – com todo o respeito ao Júpiter Maçã pelo que ele representa hoje -qualquer gaúcho que conhece um pouco a história do rock no estado sabe que a escolha deve recair, sem dúvida, sobre Fughetti Luz. Que, coincidentemente, foi quem me trouxe a esse blog. Acabei de ler um post anterior sobre as bandas precursoras da psicodelia no Brasil em que o Liverpool é nomeado e, levando em conta também que Mimi e Marcos Lessa são citados nos agradecimentos como colaboradores, até surpreende o lapso cometido – leva a crer que o(a) autor(a) do post tenha tido acesso a essa informação.
    De qualquer forma, isso não tira o brilho nem desmerece a qualidade do conteúdo postado no blog, que tá muito bom mesmo (só estranhei que os posts não são assinados). Acabei de conhecer, já li vários posts, e provavelmente deixe mais algum comentário por aí. Parabéns pelo trabalho.

  3. Armando disse:

    A propósito: nos anos 90 foi publicado um excelente songbook sobre o Fughetti, escrito e organizado pelo jornalista Gilmar Etelvein. Há um interessante resumo desse trabalho que pode ser acessado nesse link:

    http://pt.shvoong.com/books/biography/1954707-fughetti-luz/

    Um abraço.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s